Início do ano pode ser a hora de deixar os velhos hábitos para trás

0
328

Janeiro chegou, e com ele todas as coisas que envolvem esse mês tão especial: luzes, cores, presentes, festas, final, começo, recomeço…

Parece que foi ontem que estávamos rodeados pela família, amigos, celebrando mais um Natal, mais uma passagem de ano – e, como de costume, vemos esses rituais de fim de ano se repetirem. Será que temos feito valer a pena cada recomeço?

Normalmente, esse período é bom para repensarmos muita coisa. É a época em que revemos nossos sonhos, nossos desejos, nossa maneira de viver, paramos para analisar nosso estilo de vida: o que está bom desejamos manter, o que não está, fazemos votos para melhorar, e assim vai.

Marcamos de começar aquela dieta… Decidimos começar aquele curso ou retomar aquelas aulas… Promessas, promessas e promessas…

Será que todas essas promessas têm nos feito viver um ano novo? Ou será que temos rodeado e caído nas mesmas coisas? No velho novo ou velho de novo?

Temos que ter sempre a esperança de dias melhores e de sermos pessoas melhores. Esperança por escrever uma nova história cheia de emocionantes capítulos, de sonhar novos sonhos e ver os antigos sendo realizados, afinal, sempre é tempo de desengavetar aquele antigo desejo e correr atrás da realização.

Esperança de procurar ver as coisas, pessoas e circunstâncias por um novo prisma, pois nem sempre nossa maneira de ver é a correta ou mais saudável, não é mesmo?

Mas para que toda essa esperança não fique apenas na “espera”, precisamos dar os passos para fazer acontecer.

Sair do lugar não é fácil, afinal, não sabemos o que tem à nossa frente e, por outro lado, sabemos bem o lugar onde estamos. Mas jamais experimentaremos o novo se não abandonarmos o velho. Parece óbvio, mas na prática não é bem assim.

Alcançar o novo requer ousadia e coragem para enfrentar os medos e os gigantes internos e externos. Precisamos dar o primeiro passo, que muitas vezes é o mais difícil, e ser perseverantes na busca pelo que queremos alcançar. O resultado será fruto da nossa busca e persistência. Desafios virão de monte, basta apenas decidirmos avançar pra que eles comecem. Mas só se torna vencedor aquele que luta, não é mesmo? Nada como o sabor de uma conquista ou a sensação de que somos capazes, para nos dar a motivação necessária para prosseguir em busca dos nossos objetivos.

Quero finalizar encorajando-o a avançar. Persista em fazer o novo acontecer. Busque desenvolver novas habilidades para os desafios que a vida colocar à sua frente. Mesmo quando as decepções vierem, busque um novo ânimo e tenha um coração perdoador! E em todas as coisas, coloque Cristo à frente, pois Ele é a Luz para o nosso caminho.

Um ótimo 2015, com muitas conquistas!

Jacqueline Morais é autora do blog caminhandosobrearocha.blogspot.com