Orlando mais segura ainda para os turistas e visitantes

0
388

É certo que algumas verdades precisam ser ditas, números necessitam ser analisados e já está na hora de se tomarem providências. Mas, certamente, o principal elemento contra a violência é a educação. Essa foi uma das motivações para o encontro realizado no restaurante Camilla’s no dia 24 de novembro. Na ocasião, o Latin American Citizens Advisory Committee (LACA) e toda a cúpula de segurança da Cidade de Orlando e de Orange County reuniram-se com o objetivo de entender e buscar solução para os problemas relacionados com a segurança da cidade mais visitada do mundo – Orlando.

O evento, patrocinado pela Brazilian Chamber of Commerce Industry and Tourism (BCCIT), pela Associação Brasileira da Central Florida e pela Facebrasil, teve a presença do Sheriff Jerry L. Demings, do Undersheriff Ray Rivero, do Commissioner Samuel B. Ings,  Captain Carlos Torres, do Captain Gil Mcdaniel, do Sargent Douglas Sarubbi e do Sargent Yuri Melich. Também estiveram na ocasião os representantes das agências de viagens mais importantes da cidade e empresários ligados ao setor de turismo. Entre eles, Claudio Brazil da Costa, representando a Costa Brasil Turismo, e a cúpula da AMP, representada pelo Chief Operating Officer Alejandro Pezzini, além da mídia local e de outros interessados no assunto.

Depois de uma apresentação rápida dos objetivos da reunião por parte dos representantes do Latin American Citizens Advisory Committee, Ramon Ojeda, Ronnie Oliveira e o Sheriff Jerry L. Demings apresentaram números que comprovam que houve crescimento de 2% na quantidade de brasileiros vítima de crimes na cidade. Por esse motivo, está ocorrendo uma mudança na estratégia de como lidar com esse momento em relação à segurança pública de Orlando. Em dados absolutos, a quantia de brasileiros vítimas de violência em 2013 foi de 49, de um total de 1.295 casos. Em 2014, observando o mesmo período, foram 59 em 1.199 casos.

Hora de agir

A apresentação desses dados foi o suficiente para a criação e fortalecimento de políticas específicas para a proteção dos brasileiros em Orlando durante suas compras. Uma dessas medidas será a presença de agentes undercover (à paisana) nos principais pontos de compras e circulação de turistas.

Uma forte campanha de educação será deflagrada com o objetivo de prevenir e extinguir os casos de violência relacionados aos turistas que visitam diariamente a cidade. A segurança e o bem-estar dos visitantes são prioridades dos órgãos de segurança da cidade.

É importante ressaltar que aparelhos eletrônicos são os mais visados pelos malfeitores, mas, como em qualquer lugar do mundo, vale não deixar as bolsas de compras à mostra nos veículos por tempo nenhum. Lembre-se de que as pessoas mal-intencionadas são rápidas e estão à espera de um vacilo do turista desavisado, para se aproveitar. E mais, vale ressaltar que o porta-malas não é o lugar mais seguro para guardar as compras.

Como se prevenir

Algumas dicas são importantes para evitar ser a próxima vítima, como ficar sempre atento ao que está ocorrendo ao redor. Por exemplo, quando você e sua família estiverem em vans, poderão estar sendo observados. O ladrão pode estar esperando um momento de distração. Nos hotéis, sempre verifique se a porta do quarto está trancada. Nas casas de aluguel, observe se as janelas e portas estão fechadas e, principalmente, em qualquer situação de perigo, ligue para o 911. Você será atendido em português, e a ajuda necessária será providenciada.

A equipe da Facebrasil saiu da reunião com uma certeza: todos os esforços estão sendo realizados para que Orlando seja ainda mais segura, com uma equipe maior de policiais e mais inteligência em suas ações. Entendemos que prevenção, educação e atenção são as palavras-chaves para a solução desse problema. Desse modo, Orlando continuará linda, segura e, principalmente, o melhor lugar para as compras.

Dicas para reforçar a sua segurança

  • A segurança e bem-estar de nossos visitantes é nossa prioridade;
  • Esteja ciente de que aparelhos eletrônicos são objetos visados para roubo;
  • Não deixe compras e objetos de valor em seu carro, mesmo que seja por pouco tempo;
  • Tranque todas as portas;
  • O porta malas de seu carro não é um local seguro para deixar objetos de valor;
  • Fique atento para o que acontece ao seu redor;
  • Se você se sentir em uma situação de perifo, por favor ligue imediatamente para a polícia local, discando 911.