A Mata Atlântica cresceu um pouco. E essa é uma excelente notícia!

0
234

Assim caminha a humanidade: dando um passo para trás e dois para a frente – mas agora é hora de celebrar os avanços, e apenas eles.

De acordo com informações divulgadas pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), houve uma razoável regeneração da Mata Atlântica.

Segundo o Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, que monitora a distribuição espacial do bioma, a regeneração foi de 219.735 hectares – uma área que corresponde a aproximadamente o tamanho da cidade de São Paulo.

A avaliação revelou ainda que o Paraná foi o estado que apresentou mais áreas regeneradas no período avaliado, seguido por Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Em todas as partes, a recuperação da natureza tem “dedo” do homem, que vem plantando mudas de árvores nativas.

Colabora para o bom resultado o fato de, nos últimos 30 anos, termos testemunhado uma redução de 83% no desmatamento do bioma.

Para Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica, sete dos 17 estados da Mata Atlântica já apresentam nível de desmatamento zero – o que indica que essa é só a primeira de muitas notícias boas.